É seguro investir em ouro?

Nos dias que correm, fazer investimentos é sempre um risco tremendo, com a crise instalada é necessário muita segurança para fazer investimentos, sejam eles que tipo forem. Um desses investimentos, hoje em dia cada vez mais popular, é o ouro, porém existem várias dúvidas sobre a segurança deste tipo de investimentos, por isso vamos deixar aqui algumas explicações necessárias.

Este tipo de investimento é visto por muitos como uma tábua de salvação, principalmente porque o ouro mantém o seu valor praticamente intacto e nas alturas de crise, como a que se vive hoje em dia, esse valor aumenta através da sua cotação valorizada.

Nos dias de hoje, investir em ouro não significa ser proprietário diretamente de uma grande quantidade de ouro, já que é possível investir através de fundos ou produtos sem os ter, ficando assim essa decisão a cargo do utilizador, tendo em conta todas as regalias e benefícios diretos.

Como ganhar com os investimentos em ouro?

Hoje em dia é possível ganhar-se de duas formas e ao mesmo tempo através dos investimentos em ouro. Uma delas, a mais direta é o ativo em si, isto é, no ouro e na sua cotação individual. Uma outra forma é através da cotação do dólar e da sua conversão euro/dólar, sendo que o ouro é cotado em dólares. Isto é, se o euro perder valor em relação ao dólar em si, o investimento já foi positivo, sem que seja necessário a valorização do ouro em si.

Porém, o inverso pode acontecer também, sendo que nestes casos o investimento ia resultar numa perda 2 vezes maior. Poderá ainda acontecer um misto de situações, que em termos práticos resulta num investimento nulo, já que existe valorização e desvalorização ao mesmo tempo.

É seguro investir em ouro?

Os investimentos são sempre uma grande dúvida, principalmente num momento em que as oscilações são constantes e sem avisos prévios, por isso investir em ouro pode tornar-se extramente rentável, porém nem sempre é seguro.

Porém, de entre todos os tipos de investimentos disponíveis nos dias de hoje, são muitos os especialistas que afirmam que este é o mais seguro de todos eles. No entanto é imprescindível lembrar os interessantes que este investimento não tem um retorno constante, sendo que é aconselhável este tipo de investimento apenas quando já possui um bom património, pretendendo apenas diversificar o mesmo.

O Autor

Nuno Ribeiro é editor do Blog do Ouro, um blog que pretende informar melhor como investir em Ouro. Também aborda temas como a compra e a venda de ouro usado, a cotação do ouro nos mercados internacionais e partilha dicas e conselhos.

Leave a Reply