Características do Ouro

O ouro é um dos metais preciosos mais procurados nos dias de hoje, não só pela sua beleza inerente como pelo próprio valor que possui. Conhecido desde a antiguidade, as suas características são variadas e pode ser utilizado de forma generalizada, desde a joalharia, indústria, electrónica e até como reserva de valor.

No que diz respeito às características físicas visíveis a olho nu é extremamente simples de analisar o ouro, com uma cor brilhante e amarela, pesado e maleável, este é um tipo de metal que não reage com a maioria dos elementos químicos, tornando-se assim dúctil, mas no caso do cloro e bromo é sensível e tem reações visíveis.

É possível encontrar o ouro em vários estados, porém o seu estado puro é em formas de pepitas e depósitos aluvionais, podendo posteriormente ser utilizado para um sem número de criações, desde simples moedas até autênticas obras de arte que são utilizadas como acessórios de moda há imensos anos.

Este metal precioso, no seu estado mais puro, é demasiado moldável para ser utilizado em criação de jóias, por isso são muitos aqueles que são endurecidos através de uma liga metálica com prata e cobre para que tenha as características necessárias para a criação de peças que serão utilizadas em todo o mundo.

Métodos para reconhecer as características do ouro

Para conhecer o verdadeiro valor do ouro é essencial ter a certeza das suas características, por isso vamos deixar aqui algumas indicações para quando tiver dúvidas.

O ouro não perde brilho quando é colocado ao sol durante muito tempo, por isso, se o brilho da peça varia entre o sol e a sombra é bem provável que não seja realmente ouro mas sim algum metal diferente. Este metal não é atraído por ímanes, por isso faça o teste colocando um íman perto da peça, caso este seja atraído é bem provável que a peça não seja de ouro, porém é importante saber se é ouro puro ou se tem mistura de outros metais, pois nesse caso é legítima a atração.

No caso das jóias, uma das utilizações mais comuns do ouro, é importante saber que estas não devem desgastar ou deixar a sua pele com outra cor, por isso se tal acontecer significa que a peça não é de ouro.

O Autor

Nuno Ribeiro é editor do Blog do Ouro, um blog que pretende informar melhor como investir em Ouro. Também aborda temas como a compra e a venda de ouro usado, a cotação do ouro nos mercados internacionais e partilha dicas e conselhos.

Leave a Reply